sábado, 15 de outubro de 2011

FEIJÃO AZUKI (Phaeseolus angularis)

Você pensa que quem é vivo não come feijão?


Pois digo sim, comemos!


"Nozes" brasileiros vivos, adoramos uma boa feijoada, confira a receita abaixo de um delicioso feijão tropeiro. essa foi a primeira receita viva que fiz em casa, copiei do site do Terrapia a muito tempo atrás a mesma continua lá, mas a que coloco abaixo tem um toque diferente... 



Feijão Tropeiro (4 Pessoas)
2 Cups Fejão Azuki (G)
1 Cup de Farinha de Mandioca Crua
1 Pimentão Amarelo
4 Tomates
1/2 Maço de Salsa
1 Pimenta Dedo de Moça
1 Maço Couve
Suco de 1  Limão
Sal e Azeite
Modo de fazer:
Selecione os feijões que não germinaram e descarte, pique pimentão, tomates, salsa pimenta e reserve.
Corte a couve bem fininha e macere com azeite e sal, reserve.
Adicione a uma panela de barro os ingredientes picados exceto a salsa. Comece a amornar e vá adicionando os demais ingredientes nesta ordem feijão, couve, farinha e a salsa, desligue o fogo e coloque o suco do limão e o azeite.
Está Pronto!


OBS: (Os Unicos Feijões que se tem conhecimento para comer germinados são o Azuki e o Moyashi os demais são tóxicos e podem causar sérios problemas digestivos).




FEIJÃO AZUKI (Phaeseolus angularis)
HISTÓRIA: Há milhares de anos (9.000), o feijão AZUKI vem sendo cultivado no Japão, Coréia, Manchúria e China. É conhecido no Japão como uma delicatesse, eles produzem brotos ou farinhas finas. Plantas de baixa produtividade no cultivo, por isso é comercializado mais caro. O Azuki é um feijão pequeno e vermelho com o hilo branco alongado que foi introduzido no Brasil pelos imigrantes no início do século XX. Nosso hábito brasileiro de consumir feijão, encontra nesta semente uma forma de continuar com as receitas tão apreciadas, atendendo nosso paladar afetivo e cultural!

CURIOSIDADES: Na Grécia, o feijão Azuki participou das festas mensais do FEIJÃO e no Egito antigo se pensava que, após a morte, a alma  humana se transformava em feijão.Por esta razão os sacerdotes não podiam comê-los. Os feijões eram dedicados aos mortos inclusive durante o funeral, quando os enterravam junto com as sementes.



COMPRAS: Aprendemos recentemente que existem duas espécies sendo comercializadas: o feijão longo e fino e outro mais arredondado. A dica para diferenciar do feijão vermelho é o “olho” (hilo) branco! Em caso de dúvidas procure comprar as sementes embaladas com rótulo escrito feijão azuki.


GERMINAÇÃO: Germinam no AR e como uma mágica modificam completamente sua forma depois que ingerem água! As sementes que não absorvem água permanecem na forma original, duras e precisam ser separadas para não machucar nossos dentes.

DICAS DE PREPARO: Além das receitas salgadas,assim como os japoneses, utilizamos também para a preparação de doces com frutas.



Fonte: Terrapia http://www4.ensp.fiocruz.br/terrapia/?q=feijaoazukigerminado


OBS: Esse é o unico feijão a ser consumido germinado, uma outra opção é o broto do Feijão Moyachi. Os outros não são indicados na alimentação viva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário